VISITA TÉCNICA À BARRA BONITA – 18/09/2015

VISITA TÉCNICA À BARRA BONITA – 18/09/2015

A  Hidrovia Tietê-Paraná consiste em uma via de navegação que liga a região Sul, Sudeste e Centro-oeste do país, ao longo dos rios Paraná e Tietê. Nos locais que apresentam desníveis foram construídas represas para nivelar as águas. Essa hidrovia é de extrema importância para o escoamento de grãos dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e parte de Rondônia, Tocantins e Minas Gerais. O transporte hidroviário é bastante viável economicamente, principalmente em relação ao rodoviário, que é o mais difundido no país, mas possui um elevado custo por tonelada em virtude de sua manutenção.

O tour dura três horas. Durante todo o passeio, os comandantes dão informações sobre o rio e sua história – as fazendas de café do século 19, as pontes antigas… Entre um dado e outro, observa-se as aves nas margens verdes do rio. São garças-pardas, biguás e patos selvagens, colhereiros, socós e jaburus que dividem espaço com barquinhos de pescadores, jet-skis, algumas mansões e bonitas paisagens.

O passeio segue rio acima até chegar à eclusa, o ponto alto da aventura. A engenhoca é uma espécie de elevador gigante que ajuda as embarcações a vencer um desnível de 26 metros no rio causado pela barragem. A de Barra Bonita, concluída em 1973, foi uma das primeiras eclusas da América do Sul e faz a travessia das embarcações em 12 minutos.